skip to Main Content
Menu
Saiba O Que O Medo Pode Causar E Os Segredos Para A Libertação – Parte 1

Saiba o que o medo pode causar e os segredos para a libertação – Parte 1

Passo inicial: identificação do sentimento

Você tem algum medo? Todos nós temos. Devemos identificá-lo e, depois, enfrentá-lo.

Uns tem medo de morrer, outros de fracassar, outros de quebrar, de perder alguém que ama, de perder um ente querido, de doenças… Quem disser que não tem medo está mentindo. Como enfrentá-lo? Ao longo deste texto, explicarei muita coisa relacionada a este assunto, o que o medo pode causar, você vai clareando a sua mente para a libertação desse sentimento.

Temos dois medos fundamentais dentro do comportamento humano que norteiam as pessoas: o medo de se sentir insuficiente, seja como marido ou esposa, seja como amigo, seja como profissional. Isso é intrínseco do ser humano. O segundo medo é o de julgamento, de não se sentir amado(a), das pessoas não gostarem de você. Todos buscam validação, dentro de uma equipe, do casamento, com os filhos.

Há crenças e medos. As pessoas não nascem com crenças, pois elas são instaladas. Já o medo, nós podemos ter dentro de nossa codificação genética. Quando você faz uma regressão clínica, muitas vezes, a pessoa vai até o útero materno com 3 ou 4 meses. Já tive casos de bebês com essa idade dentro da mãe, cujo pai chega alcoolizado e chuta a barriga. O bebê sente isso, seu cérebro recebe. É incrível que o cérebro humano não detecta o que é real e imaginário, e absorve tudo. Até uma gravidez deve ser planejada e cuidada, pois o feto sente tudo. O que tem dentro de nosso cérebro é o imprint, o que recebemos.

Temos também a nossa evolução filo ontogenética, onde fomos instalando ao longo do tempo, em milhares de anos de evolução, emoções. Posso citar o seguinte exemplo: antigamente, o homem primata só tinha duas saídas dentro da caverna: vinha um tigre, vinha um urso. Ou ele atacava ou ele fugia, não tinha outra alternativa. Então, o medo vem como imprint, ele caminha ao longo da humanidade, nos faz às vezes entrar em um caminho escuro. Por isso que bato tanto na tecla de que precisamos entender o que o medo pode causar e trabalhar em prol da libertação desse sentimento.

Os medos mais comuns: saiba como enfrentá-los

Um medo geral que as pessoas têm é o da perda de familiares. Mesmo sendo doloroso, estamos preparados para o luto, pois trata-se do ciclo da vida, é natural. Uma perda repentina de um filho ou cônjuge em um acidente, por exemplo, é mais difícil, custa-se mais a se restabelecer. Este medo torna as pessoas mais inseguras e, aí, vem o período que precisa ser respeitado e o período que precisa ser trabalhado.

E o medo da própria morte? A morte é inerente. Quando se passa dos cinco anos, já vai morrendo uma criança que existiu. Depois, morre um adolescente e nasce um adulto. A cada fase, morre uma e nasce outra. A morte é um ciclo, com início, meio e fim. Ela nos permeia durante vários ciclos. Temos também a morte de um relacionamento, a morte de uma empresa. Na verdade, não fomos preparados para perder. E aprender a lidar com nossos próprios medos vem muito do gerenciamento emocional, uma das principais habilidades que temos que ter em nossas vidas, e isso é muito difícil. Com o gerenciamento das emoções, o medo fica menor.

Quanto mais medo temos, menor a certeza. Quanto mais certeza, menor o medo, e o segredo é manter a balança desta última forma. Já tive um casal de alunos que ficou trancafiado dentro de casa por medo da violência. Houve morte na rua deles, outra pessoa faleceu por assalto, o que é o momento do nosso país, infelizmente. Assim como a violência, o medo das pessoas aumentou, o que acaba sendo consequência. Mas nós temos que colaborar para a libertação do medo, saindo, encarando, enfrentando, usando um plano B, tendo os devidos cuidados e precauções, criando situações para termos menos medo, tendo coragem, para não nos tornarmos reféns e sermos contaminadores disso.

Por Tânia Zambon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
×Close search
Search